Apple pode revelar seu serviço de assinatura de jogos
março 23, 2019
NVIDIA mostra quanto Ray-tracing é uma droga em GPUs mais antigas
abril 11, 2019

Julian Assange é preso em Londres

Polícia diz que prisão do fundador do WikiLeaks tem relação com pedido de extradição feito por autoridades norte-americanas. Policiais entraram na embaixada equatoriana depois do governo do Equador suspender o asilo que concedia a Assange.

O fundador do WikiLeaksJulian Assange, de 47 anos, foi preso nesta quinta-feira (11) pela polícia britânica na embaixada do Equador, em Londres, onde estava desde 2012. O WikiLeaks é uma organização que divulga documentos confidenciais de governos e empresas.

A polícia londrina afirmou que a prisão tem relação com um pedido de extradição contra Assange feito por autoridades norte-americanas. Os policiais entraram na embaixada após o presidente equatoriano, Lenín Moreno, suspender o asilo que concedia a ele.

O criador do WikiLeaks foi levado para uma delegacia do centro de Londres e depois seguiu para a Corte de Magistrados de Westminster.

O departamento de Justiça dos Estados Unidos informou que Assange é acusado de conspiração em uma tentativa de entrar ilegalmente em um computador do governo americano para ter acesso a informações confidenciais. Por essa acusação, caso seja condenado, ele pode pegar até cinco anos de prisão. O jornal “The New York Times” destacou que ele não está sendo acusado de espionagem.

O Equador anunciou nesta quinta que, além do asilo, a cidadania equatoriana de Assange foi suspensa.

O presidente Lenín Moreno disse que o fundador do WikiLeaks violou repetidas vezes os termos acordados para permanência na embaixada. Ele disse que o asilado não tinha o direito de “hackear contas privadas ou telefones” e não podia intervir na política de outros países, especialmente aqueles que têm relações amistosas com o Equador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

× SOLICITAR ANALISTA